OGX descobre novos indícios de gás natural e petróleo na Bacia de Santos

Em nota, companhia afirma que o poço OGX-11D representa expectativa de novo ciclo de importantes descobertas

Agência Estado,

24 de maio de 2010 | 10h12

A companhia brasileira de petróleo e gás OGX anuncia mais uma descoberta de indícios de gás natural e petróleo na Bacia de Santos, desta vez na seção santoniana do poço 1-OGX-11D-SPS, prospecto Natal, localizado no bloco BM-S-59. A OGX detém 100% de participação neste bloco.

Segundo a empresa, até o momento, foi identificada uma coluna de hidrocarboneto em torno de 42 metros com net pay (área com óleo de fato) de aproximadamente 34 metros. O poço continuará sendo perfurado até a profundidade total estimada de 6.100 metros. O poço OGX-11 se situa a 104 km da costa e a perfuração foi iniciada em 9 de abril de 2010. "O poço OGX-11D representa o início de um novo ciclo que esperamos ser de importantes descobertas", afirmou o diretor geral da OGX, Paulo Mendonça, em fato relevante.

No mês passado, a OGX anunciou outras duas descobertas de presença de hidrocarbonetos na Bacia de Campos, nos poços OGX-7A (1-OGX-7A-RJS) e OGX-10 (1-OGX-10-RJS), ambos no bloco BM-C-42. No primeiro, prospecto denominado Huna, foi identificado na seção albiana um net pay (área com óleo de fato) mínimo de 17 metros. Já no OGX-10, prospecto denominado Hawaii, o net pay é de aproximadamente 11 metros na seção cenomaniana e mínimo de 13 metros na seção albiana.

(Com Reuters)

Tudo o que sabemos sobre:
ogxbacia de camposenergiadescoberta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.