OGX finaliza perfuração em poço da Bacia de Campos

A OGX, companhia de petróleo e gás que faz parte do grupo comandado pelo empresário Eike Batista, informou hoje ter concluído a perfuração do poço OGX-5, localizado em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos, com indícios de hidrocarbonetos na seção maastrichtiana. A perfuração, que alcançou profundidade de 4,1 mil metros, encontrou anteriormente indícios de hidrocarbonetos em reservatórios das seções albiana e aptiana, além dos indícios na maastrichtiana.

AE, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2010 | 11h59

Nesta seção, há indicações da presença de hidrocarbonetos com volume de óleo recuperável estimado entre 30 milhões e 90 milhões de barris. A empresa explicou que o volume estimado para os reservatórios das seções albiana e aptiana ainda está sendo avaliado.

O poço 1-OGX-5-RJS está localizado no bloco BM-C-43, no qual a OGX detém 100% de participação. Com o fim da perfuração no bloco, a sonda Ocean Ambassador será deslocada para a área do prospecto Vesúvio, no bloco BM-C-41, cuja perfuração deve ser iniciada em março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.