Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

Oi anuncia conclusão de operação de venda de ativos a Claro, Tim e Vivo

Venda de ativos de telefonia móvel às três principais concorrentes acarretará no recebimento de quase R$ 16 bi pela companhia em recuperação judicial desde 2016

Luísa Laval, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2022 | 15h51

A Oi anunciou nesta quarta-feira, 20, a conclusão da venda de seus ativos de telefonia móvel para as rivais Tim, Vivo e Claro, pelo preço ajustado de R$ 15,9 bilhões. Com isso, as três operadoras já realizaram o pagamento em conjunto de R$ 14,4 bilhões (90% do total), enquanto o restante da quantia ficará como valor retido por até 120 dias para possíveis pendências.

Além do preço de fechamento, a Oi poderá receber um valor contingente adicional líquido de até R$ 294,6 milhões em caso de atingimento de determinadas metas de migração de bases de clientes e frequências. Com o fechamento da operação, os ativos móveis da Oi serão fatiados entre Tim, Claro e Vivo. A Tim, que tem a menor participação de mercado entre as três, ficará com mais DDDs do que as rivais.

A Oi informou que, com a conclusão da operação, ocorreu a quitação integral do crédito com garantia real de titularidade do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor de R$ 4,64 bilhões, cujo pagamento foi efetuado diretamente pelas compradoras. A venda das operações da Oi Móvel é vista como uma forma de a companhia concluir seu processo de recuperação judicial, iniciado em junho de 2016, e que à época incluída dívidas estimadas em R$ 65 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.