Paulo Vitor/Estadão
Paulo Vitor/Estadão

Oi reverte lucro e tem prejuízo de R$ 1 bilhão no terceiro trimestre

No ano, a companhia acumula prejuízo líquido de R$ 797 milhões até setembro; receita da companhia caiu no trimestre em relação há um ano

Renato Carvalho, O Estado de S. Paulo

12 de novembro de 2015 | 09h29

A Oi registrou prejuízo líquido de R$ 1,027 bilhão no terceiro trimestre de 2015, revertendo lucro de R$ 5 milhões apurado no mesmo período de 2014, e de R$ 671 milhões registrado no segundo trimestre deste ano. No ano, a companhia acumula prejuízo líquido de R$ 797 milhões até setembro, ante lucro de R$ 15 milhões do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 2,2 bilhões entre julho e setembro, uma queda de 3,6% em um ano. Na comparação com o segundo trimestre, houve crescimento de 14,7%. 

A receita líquida totalizou R$ 6,8 bilhões no terceiro trimestre, queda de 2% frente aos R$ 6,968 bilhões do mesmo período do ano passado, e crescimento de 0,6% em três meses. A receita líquida de serviços, que exclui receita de aparelhos, fechou o trimestre em R$ 6,463 bilhões, queda de 1% em relação ao mesmo espaço de tempo de 2014, e de 0,4% na comparação com o segundo trimestre. A receita líquida de clientes, que além da venda de aparelhos, exclui também o uso de rede, ficou em R$ 6,066 bilhões, crescimento anual de 0,9%, e queda trimestral de 1,1%.

A dívida líquida da Oi caiu 22,1% em um ano, de R$ 47,8 bilhões para R$ 37 bilhões ao final de setembro deste ano. Em relação ao final de junho, houve um crescimento de 7,5% na dívida da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
Oibalançoprejuízotelefonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.