OMC: fracassam negociações para liberalizar comércio mundial

Fracassou a tentativa dos países do G-4 (Brasil, Estados Unidos, Índia e União Européia) de aproximar as propostas relativas ao comércio mundial dos principais países da Organização Mundial do Comércio (OMC) para a liberalização do comércio mundial.

Jamil Chade

15 de julho de 2007 | 12h07

Postdam, 21 - Fracassou a tentativa dos países do G-4 (Brasil, Estados Unidos, Índia e União Européia) de aproximar as propostas relativas ao comércio mundial dos principais países da Organização Mundial do Comércio (OMC) para a liberalização do comércio mundial. O fiasco da conferência de Postdam, na Alemanha, que termina dois dias antes do previsto sem qualquer resultado, terá repercussão direta sobre a capacidade da OMC em estabelecer novas regras para o comércio entre os países.Não há qualquer data para a retomada do processo de negociação iniciado em Doha, no Quatar, há seis anos. Negociadores do Brasil e Índia atribuíram o fracasso à recusa dos Estados Unidos em reduzir subsídios e às exigências feitas aos países em desenvolvimento para que cortem tarifas de importações de bens industriais. "Precisamos ter uma mudança de atitude para que haja progresso nas negociações", afirmou o chanceler Celso Amorim, ao falar sobre o fim das negociações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.