ONS prevê aumento de custo de energia térmica após alta no preço do diesel

O Operador Nacional do Sistema (ONS) espera que o custo da energia térmica no Brasil cresça nos próximos meses depois do aumento no preço do diesel, anunciado pela Petrobras na noite de quinta-feira.

REUTERS

07 de novembro de 2014 | 11h49

O diretor-geral do órgão responsável pela coordenação e controle da operação das instalações de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN), Hermes Chipp, afirmou a jornalistas que o reajuste no preço do diesel afetará principalmente térmicas do Nordeste, num total de cerca de 3.000 megawatts.

(Por Rodrigo Viga Gaier, texto de Alberto Alerigi Jr.)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAONSREAJUSTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.