Operadora GVT vai distribuir conteúdo da Universal Music

A GVT anunciou ontem sua entrada na distribuição de conteúdo, com um acordo com a Universal Music. As duas empresas pertencem à francesa Vivendi. A operadora lançou um serviço chamado Power Music Club, em que seus clientes podem, gratuitamente, ouvir músicas e assistir a clipes de artistas da Universal, como Lady Gaga, Justin Biber e Ivete Sangalo.

AE, Agencia Estado

20 de outubro de 2010 | 10h32

?Vamos avançar no conteúdo?, afirmou Alcides Troller Pinto, vice-presidente executivo da GVT. Segundo o executivo, as prioridades da operadora, daqui até o fim de 2011, são a entrada no mercado de TV por assinatura e o lançamento das operações nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Presente em 93 cidades, a GVT ultrapassou recentemente a marca de 1 milhão de assinantes de banda larga. Segundo a companhia, 60% têm velocidade igual ou maior do que 10 megabits por segundo (Mbps). Um estudo recente da Akamai apontou que a velocidade média do acesso no Brasil é de 1,3 Mbps. Em São Paulo, a GVT tem operações que atendem ao cliente residencial em Sorocaba e Jundiaí. As músicas da Universal podem ser ouvidas pelos clientes da GVT via streaming. Ou seja, assim como os vídeos do YouTube, elas não baixadas no computador. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
telefoniaoperadoraGVTUniversal Music

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.