Robyn Beck/AFP
Robyn Beck/AFP

Oprah aposta na Vigilantes do Peso

Apresentadora comprou 10% da empresa que a ajudou a perder peso; papéis quase dobraram de valor após a confirmação

Reuters

20 Outubro 2015 | 02h03

A apresentadora de televisão e magnata da mídia Oprah Winfrey anunciou nesta segunda-feira, 19, que adquiriu a participação de 10% da empresa Vigilantes do Peso Internacional, em um voto de confiança para a companhia que tem ajudado a celebridade norte-americana e outras milhões de pessoas a perder peso.

As ações de Vigilantes do Peso quase dobraram de valor nas negociações na bolsa após a confirmação da notícia.

Oprah, que durante anos lutou publicamente contra o excesso de peso, também anunciou que vai se unir ao conselho do Vigilantes do Peso, empresa que tenta se reinventar para incentivar estilos de vida saudáveis, além de seus programas de redução de peso.

"Acredito tanto no programa que decidi investir na empresa e participar de sua evolução", afirmou Oprah, em nota.

A apresentadora tem sido bastante transparente em sua luta contra a balança e um problema de tireoide que fizeram com que ela chegasse a pesar cerca de 100 quilos em 2008.

"Os Vigilantes do Peso me deram as ferramentas para começar a realizar a mudança duradoura pela qual eu e tantos de nós que estamos lutando com o peso ansiávamos", afirmou.

A apresentadora vai ajudar a expandir o alcance e o apelo dos Vigilantes do Peso e a empresa planeja recorrer a ela em ações de marketing, contou o executivo-chefe, Jim Chambers, em um e-mail à Reuters.

Oprah irá comprar quase 6,4 milhões de ações ao preço de fechamento de sexta-feira, US$ 6,79 por ação, no montante de US$ 43,3 milhões. Ela também terá a opção de adquirir uma participação adicional de até 5% das ações.

A Vigilantes do Peso foi fundada no início dos anos 1960 nos EUA por Jean Nidetch, que desenvolveu um método de perda de peso atrelado a reuniões para trocar apoio e motivação. O programa é oferecido no Brasil há 40 anos e, atualmente, são realizadas mais de 450 reuniões semanais em 12 estados.

Mais conteúdo sobre:
Oprah WinfreyVigilantes do Peso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.