Orçamento de 2005 prevê R$ 140 mi para defesa sanitária e vegetal

Brasília, 3 - O Ministério da Agricultura terá, em 2005, R$ 140 milhões para ações de defesa sanitária e vegetal, informou hoje o secretário executivo da pasta, José Amauri Dimarzio. A verba consta em proposta orçamentária encaminhada pelo Executivo ao Congresso Nacional. A expectativa é que parlamentares da bancada ruralista apresentem emendas elevando o montante. Na abertura de encontro que discutirá as ações do governo para 2005, nesta segunda-feira, Dimarzio contou que a defesa sanitária e vegetal é prioridade para o ministério. Em 2004, o orçamento inicial para ações de defesa foi de R$ 68 milhões. A esse valor foram somados outros R$ 44 milhões, liberados pelo governo depois do registro, em junho, de um foco de febre aftosa em rebanho do município de Monte Alegre, no Pará. O ressurgimento da doença depois de um período de 34 meses levou Rússia e Argentina a suspender as compras de carne do Brasil. O embargo foi retirado. Um novo foco da doença, desta vez em Careiro da Várzea, no Amazonas, fez a Rússia suspender novamente as compras, embargo que completa dois meses no dia 21 de novembro. O encontro para discutir as ações para 2005 segue até sexta-feira, dia 5, na sede da Embrapa, em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.