Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Órgão regulador aprova oferta por cervejaria Foster's

O órgão regulador da concorrência da Austrália informou hoje que não se opõe à compra proposta pela cervejaria SABMiller da congênere Foster''s Group. "A ACCC formou a opinião de que a aquisição proposta não deve resultar em um enfraquecimento substancial da concorrência para o fornecimento de cerveja", disse o presidente da Comissão Australiana da Concorrência e do Consumidor (ACCC, na sigla em inglês), Rod Sims, em um comunicado.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

28 de setembro de 2011 | 09h13

A oferta da SABMiller foi de US$ 9,78 bilhões. Na semana passada, o conselho da Foster''s aceitou uma oferta maior da SABMiller, que avalia a icônica cervejaria australiana em 5,10 dólares australianos por ação, 4% acima do que a SABMiller ofereceu quando lançou sua tentativa de compra, em junho. Incluindo dividendos e receitas especiais o valor sobe para 5,53 dólares australianos por ação, ou 13% acima da primeira oferta da SABMiller.

Ainda dependendo da aprovação do Conselho de Revisão do Investimento Estrangeiro (FIRB, na sigla em inglês) e dos acionistas da Foster''s, a operação reflete o desejo da SABMiller de estender seu alcance nos mercados emergentes de crescimento rápido, que lhe trazem cerca de 80% dos seus lucros.

A SABMiller - fabricante das cervejas Miller Lite, Grolsch e Peroni Nastro Azzuro - opera na Austrália por meio da Pacific Beverages, uma parceria com a Coca-Cola Amatil. Depois da aquisição proposta, a SABMiller e a Coca-Cola Amatil pretendem encerrar a parceria de forma que a SABMiller se torne proprietária integral tanto da Foster''s como da Pacific Beverages.

A ACCC disse que a remoção da Pacific Beverages como produtora e distribuidora de cerveja independente não deve aumentar substancialmente as preocupações sobre a concorrência. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.