Pagamento mínimo do cartão de crédito sobe para 20% em dezembro

De acordo com o Banco Central, medida foi adotada para evitar o aumento do endividamento dos brasileiros e a expansão dos prazos de algumas linhas de crédito  

Altamiro Silva Júnior, da Agência Estado,

19 de outubro de 2011 | 14h33

A partir de dezembro, o pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito sobe de 15% para 20%. A mudança faz parte do cronograma das medidas macroprudenciais do Banco Central adotadas em dezembro do ano passado, segundo o chefe de departamento de Normas do Sistema Financeiro do BC, Sergio Odilon dos Anjos.

Odilon destaca que o BC, ao adotar as medidas, estava preocupado com o aumento do endividamento das pessoas e a expansão dos prazos em algumas linhas de crédito. Por isso, criou essas medidas para os cartões e em outras linhas, como o financiamento de veículo, crédito pessoal e consignado.

Nos cartões, o BC já havia subido o pagamento mínimo do total da fatura de 10% para 15% em junho. Até agora, o financiamento de veículos, de acordo com Odilon, foi a linha que mais sofreu impacto das medidas macroprudenciais. O gráfico das concessões de novos empréstimos mostra forte queda a partir do final de 2010.

O executivo do BC fez palestra nesta quarta-feira, 19, no 1º Congresso Internacional de Gestão de Riscos, promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Tudo o que sabemos sobre:
FATURACARTÃOBANCO CENTRAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.