País deve superar PIB do Reino Unido e França até 2015, diz Mantega

 A comparação foi feita levando em consideração a paridade de poder de compra

Ricardo Leopoldo, da Agência Estado,

16 de fevereiro de 2011 | 16h45

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o Brasil deixou de ser o "patinho feio" da economia mundial e está na "vanguarda" das nações que mais registram expansão. "O PIB do País deve superar o Reino Unido e a França até 2015, em paridade de poder de compra", comentou, em palestra fechada para 600 investidores, promovida durante a manhã pelo banco BTG Pactual. O áudio da palestra foi distribuído aos jornalistas nesta tarde.

O ministro fez uma avaliação positiva das perspectivas de crescimento do País nos próximos anos e ressaltou que o avanço da economia nacional deve ser puxado especialmente por investimentos e pelo contínua evolução da demanda interna. Segundo Mantega, a demanda interna deve ter crescido cerca de 10% em 2010, o que para ele "talvez tenha sido excessivo". Ele completou afirmando que neste ano o consumo interno vai desacelerar, mas mesmo assim será robusto a ponto de puxar investimentos.

Mantega destacou que o Brasil já está num novo patamar de crescimento, pois deixou de avançar à média de 2,5% ao ano e agora cresce à taxa de 5% ao ano. 

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaPIBReino UnidoFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.