Paralisação de empregados não afeta serviços, diz Cemig

A Cemig informou, por meio de uma nota, que a paralisação parcial dos empregados, nesta terça-feira, 16, não afeta as atividades da empresa. Não apenas o funcionamento das usinas hidrelétricas está normal, segundo a Cemig, como também as áreas de atendimento no call center, serviços emergenciais e ligação ou religação de energia.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2013 | 11h26

A companhia informa também que a proposta apresentada aos funcionários, mediada pela Justiça do Trabalho, "antecipa o reajuste de 4,5% do salário, mantém os benefícios, propõe a recomposição dos salários com perdas inflacionárias e preserva o acordo coletivo".

Tudo o que sabemos sobre:
Cemigparalisação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.