Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Parlamentar da Alemanha critica esforços de privatização da Grécia

'Atenas não pode esperar ser permanentemente acomodada por outros países da União Europeia', disse

Danielle Chaves, da Agência Estado,

30 de dezembro de 2011 | 10h01

Os esforços de privatização do governo da Grécia que têm como objetivo reduzir a dívida do país são insuficientes e a União Europeia deveria assumir a responsabilidade sobre isso, afirmou em um comunicado Hans Michelbach, parlamentar da Alemanha e especialista em finanças da coalizão de centro-direita do governo da chanceler Angela Merkel. "Atenas não pode esperar ser permanentemente acomodada por outros países da União Europeia", disse.

"Os parceiros europeus ainda estão dispostos a mostrar solidariedade, mas a solidariedade não é uma via de mão única. Atenas precisa tomar cuidado para que seus parceiros não percam a paciência", afirmou Michelbach. O parlamentar pediu o estabelecimento de uma "instituição fiduciária europeia independente que deveria lidar com a privatização de companhias e propriedades estatais gregas".

O alerta de Michelbach foi feito após duas fontes afirmarem que o Fundo Monetário Internacional (FMI) recentemente informou ao governo da Grécia que uma piora nas perspectivas econômicas sugere que o país pode não conseguir reduzir sua dívida para níveis sustentáveis mesmo com o planejado desconto de 50% nos bônus gregos detidos por entidades privadas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaUnião Europeia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.