PDVSA vai vender US$ 5 bilhões em bônus de dez anos

A estatal Petróleos de Venezuela, ou PDVSA, visa gerar US$ 5 bilhões por meio da venda privada de bônus de dez anos para o setor bancário do país, informou a companhia, em comunicado divulgado nesta quarta-feira. Os bônus terão cupom de 6% e os fundos serão destinados a investimentos, incluindo projetos de desenvolvimento social.

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 15h52

Cerca de 95% da renda da Venezuela em dólar é gerada pela venda de petróleo. O presidente do país, Nicolás Maduro, vem seguindo os passos do seu mentor, Hugo Chávez, e usando as receitas da estatal para financiar amplos programas sociais que mantêm o partido governista popular entre os mais pobres.

A Venezuela pode usar os bônus para pagar parte de sua dívida com empresas privadas que vão desde companhias aéreas até farmacêuticas, segundo reportagem publicada hoje pelo jornal El Nacional, que cita fontes anônimas. Um porta-voz da PDVSA não comentou o assunto. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
PDVSAbônusvenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.