Peru, Chile e Colômbia iniciarão integração de bolsas no fim de novembro

A partir do dia 22/11, investidores peruanos poderão comprar ações de companhias colombianas e chilenas por meio da bolsa peruana

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

28 de setembro de 2010 | 14h37

As operações integradas das bolsas do Peru, Chile e Colômbia estão previstas para começar 22 de novembro, disse o presidente da Bolsa de Valores do Peru, Roberto Hoyle.

"A integração será um passo importante para aumentar a atratividade e a competitividade, bem como fluxos de capitais maiores", destacou Hoyle.

Um porta-voz da Bolsa de Valores de Lima acrescentou que o dia 22 de novembro representa a primeira fase da integração, mas ele confirmou que, a partir dessa data, os investidores peruanos poderão comprar ações de companhias colombianas e chilenas por meio da bolsa peruana.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
bolsaPeruChileColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.