Petrobras aprova orçamento menor para 2012

Como controladora, a Petrobras terá orçamento de 58,8 bilhões de reais em 2012, segundo proposta aprovada pela assembleia geral ordinária de acionistas realizada na última segunda-feira.

REUTERS

20 de março de 2012 | 15h22

O valor, 16 por cento menor que o investimento aprovado no ano passado, de 69,8 bilhões de reais, não inclui o orçamento das subsidiárias da estatal, como a Transpetro e BR Distribuidora.

A assessoria de imprensa da estatal não detalhou nesta terça-feira o motivo da redução, mas disse que o plano de investimento de capital informado ao mercado no final da noite de segunda-feira é uma estimativa que pode ser mudada ao longo do ano.

Em fevereiro, a Petrobras divulgou o programa de investimentos consolidado para este ano, que inclui as controladas. O plano totalizava 87,54 bilhões de reais.

Em 2011, os investimentos totais consolidados (Petrobras e subsidiárias) realizados foram de 72,54 bilhões de reais.

Com um novo comando, a Petrobras está em processo de revisão de seu plano de negócios 2012-2016. No anterior, de 2011 a 2015, a estatal prevê investimentos de cerca de 225 bilhões de dólares para o período.

Do total de investimentos aprovados na assembleia, 55,5 bilhões de reais serão provenientes de recursos próprios da Petrobras e 3,3 bilhões de reais de terceiros.

A maior parcela será destinada à área de exploração e produção de petróleo, que receberá 59,02 por cento do total. Em seguida vem a área de abastecimento, com 33,10 por cento dos investimentos; a área de Gás e Energia receberá 5,42 por cento; outras áreas, 2,46 por cento.

Os acionistas também aprovaram na segunda-feira a proposta de dividendos de 12 bilhões de reais relativos ao resultado de 2011, equivalente a 0,92 real por ação.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr. e Leila Coimbra)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAORCAMENTOPETROBRAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.