Petrobrás assina memorando de entendimento com estatal turca

Estatal quer ampliar as pesquisas de exploração em águas profundas do Mar Negro

Agência Estado,

27 de maio de 2010 | 19h26

A Petrobrás assinou nesta quinta-feira, 27, memorando de entendimento com a companhia estatal de petróleo Turkish Petroleum Corporation (TPAO), com o objetivo de ampliar as pesquisas de exploração em águas profundas na região turca do Mar Negro. Estiveram presentes à assinatura do memorando, em Brasília, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Petrobrás, José Sergio Gabrielli, o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e o presidente da TPAO, Mehmet Uysal. Na sexta-feira, o primeiro-ministro turco visitará a sede da Petrobrás, no Rio de Janeiro, às 16h.

Em janeiro, a Petrobrás, a TPAO e a ExxonMobil assinaram uma parceria para a exploração do Bloco 3922 (Sinop), localizado em águas profundas do Mar Negro, na Turquia. A Petrobrás é operadora do projeto com 25% de participação, a TPAO possui 50% e a subsidiária ExxonMobil Exploration and Production Turkey B.V. detém os 25% restantes de participação na licença do bloco.

As atividades de perfuração do poço Sinop-1, situado a cerca de 145 quilômetros da cidade de Sinop, em águas ultraprofundas do Mar Negro, começaram em fevereiro. A região é considerada uma das últimas fronteiras petrolíferas do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.