Petrobras 'certamente' terá resultado positivo no ano, diz Graça Foster

A Petrobras "certamente" terá um resultado positivo neste ano, disse a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, em audiência na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Reuters

19 de setembro de 2012 | 13h09

No segundo trimestre deste ano a empresa registrou prejuízo de 1,346 bilhão de reais. Com o resultado a estatal teve a primeira perda trimestral em 13 anos.

A executiva não explicou como se dará o lucro em 2012, mas justificou o prejuízo do segundo trimestre.

"Grande parte do resultado negativo veio, principalmente, da desvalorização cambial, da queda nas exportações por paradas (programadas), da baixa de poços secos e da queda na margem de derivados", disse.

Ao falar dos preços dos derivados, Graça Foster, como ela prefere ser chamada, reiterou que a política da empresa é de médio e longo prazo e afirmou que, mesmo com o descolamento de preços dos combustíveis no país em relação aos internacionais, a empresa obteve resultados favoráveis de janeiro de 2002 até o início de 2012.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAPRECOSFOSTERATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.