Petrobras conclui perfuração em área de cessão onerosa

A Petrobras informou nesta quarta-feira (19) que concluiu a perfuração do quarto poço na cessão onerosa, no pré-sal da Bacia de Santos. A descoberta de petróleo já foi preliminarmente anunciada em 21 de agosto de 2012, quando o poço ainda estava sendo perfurado, na profundidade de 5.656 metros.

EQUIPE AE, Agencia Estado

19 de setembro de 2012 | 19h05

Denominado 3-BRSA-1053-RJS (3-RJS-699), informalmente conhecido como Franco SW, o

poço está situado em profundidade d''água de 2.024 metros, a cerca de 210 km da cidade do Rio de Janeiro e a 17 km a sul do poço descobridor 2-ANP-1-RJS (Franco). Segundo comunicado da estatal, foi atingida a profundidade final de 5973 metros em horizonte estratigráfico estabelecido no programa exploratório da cessão onerosa.

Análises do óleo recuperado em reservatórios carbonáticos, abaixo da camada de sal,

comprovam petróleo de boa qualidade (de 28 a 30 o API). As amostras foram colhidas em reservatórios similares aos registrados no poço descobridor comprovando a extensão dos mesmos para o sul da área de Franco. A coluna de hidrocarbonetos verificada é de 438 metros.

A perfuração deste poço faz parte do Programa Exploratório Obrigatório (PEO) na área de Franco, onde a Petrobras contratou o direito de produzir até 3 bilhões de barris de petróleo e cuja fase exploratória prossegue e tem seu término previsto para até setembro de 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.