Petrobras confirma negociação com companhia de etanol Brenco

A Petrobras está em negociações com a companhia de etanol Brenco, informou a petroleira em comunicado enviado ao mercado, acrescentando que até o momento não há qualquer definição.

REUTERS

24 de agosto de 2009 | 13h26

"Em relação à negociação com a Brenco, a Petrobras esclarece que está conversando com o objetivo de identificar possíveis sinergias na área de produção de biocombustíveis", informou a estatal nesta segunda-feira.

"Até o momento os entendimentos estão em fase preliminar e não existe nenhum acordo fechado. Não há previsão para a conclusão das conversações", acrescentou no documento, confirmando reportagem publicada no jornal Valor Econômico.

A Brenco, que teve entre seus fundadores os empreendedores do setor de Internet Vinod Khosla e Steve Case, pretende iniciar operações neste ano em suas duas primeiras unidades.

A empresa baseará a sua receita, além de etanol, também na geração de energia de biomassa de cana. Ela não pretende produzir açúcar, diferentemente de outras empresas do setor.

Os planos iniciais da Brenco previam investimento de 5,5 bilhões de reais para ser capaz de produzir 3,8 bilhões de litros de etanol até 2015 em dez unidades industriais, processando 44 milhões de toneladas de cana.

A Petrobras tem intenção de adquirir participações em empresas de etanol para elevar o volume a ser negociado por ela, principalmente no mercado externo.

Atualmente a empresa constrói em parceria com a trading japonesa Mitsui uma unidade em Goiás.

O presidente do braço de biocombustíveis da empresa, Miguel Rosseto, afirmou anteriormente que a companhia planejava produzir álcool ainda este ano, possivelmente em parceria com outra companhia.

(Reportagem de Marcelo Teixeira, Edição de Camila Moreira)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSETANOLPETROBRAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.