Petrobrás descobre petróleo em Angola em dois poços

Companhia possui participação de 5% nos poços explorados

Agência Estado,

18 de fevereiro de 2010 | 11h14

A Petrobrás informa a descoberta de óleo em dois poços em Angola, no bloco 15/06, em que possui 5% de participação. A Eni Angola é a operadora, com 35%. De acordo com comunicado, a descoberta ocorreu em perfuração dos poços Nzanza-1 e Cinguvu-1, a cerca de 350 quilômetros a noroeste da cidade de Luanda, em profundidade de 1,4 mil metros.

 

Durante os testes, o Nzanza-1 produziu óleo de densidade 18º API, a uma vazão superior a 1,6 mil barris por dia, enquanto o Cinguvu-1, com óleo de 23º API, atingiu vazão de até 6,4 mil barris por dia.

 

Esta é a quinta descoberta no bloco 15/06, que além de Petrobrás e Eni conta ainda com a participação de Sonangol P&P (15%), SSI Fifteen Limited (20%), Total (15%), Falcon Oil Holding Angola AS (5%) e Statoil Angola Block 15/06 AS (5%). Ao longo deste ano, segundo a Petrobras, está programada a perfuração de poços exploratórios adicionais.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo, Petrobrás, Angola

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.