Petrobras deve concluir reparo em unidade da Reduc até 7 de março, diz sindicato

A Petrobras pretende concluir os reparos em uma unidade de craqueamento catalítico danificada na refinaria Duque de Caxias (Reduc) até 7 de março, infirmou o sindicato que representa os trabalhadores no local.

REUTERS

21 Fevereiro 2015 | 14h49

O problema na refinaria com capacidade para 240.000 barris por dia, perto do Rio de Janeiro, obrigou a Petrobras a reduzir o processamento de óleo em cerca de 7.000 metros cúbicos (44.029 barris) por dia, durante mais de dez dias.

A unidade U-1250 produz gasolina e gás liquefeito de petróleo (GLP).

A Petrobras disse em um comunicado que a paralisação da unidade U-1250 foi planejada.

A empresa tem se negado a dizer quanto tempo o reparo vai durar.

O sindicato diz que a paralisação ocorreu por um desligamento de emergência.

(Reportagem de Jeb Blount)

Mais conteúdo sobre:
ENERGIA PETROBRAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.