Petrobras esclarece que P-35 não foi interditada

A Petrobras esclareceu há pouco que a plataforma P-35, que opera no Campo de Marlim, na Bacia de Campos, não foi interditada como informou hoje o Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense. A plataforma encontra-se neste momento em retomada da produção, após realizar uma parada programada de manutenção.

KELLY LIMA, Agencia Estado

21 de outubro de 2011 | 19h03

A P-35 recebeu ontem uma inspeção de auditores da Superintendência Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (SRTE/RJ) e do Ministério Público do Trabalho. Os auditores notificaram a Petrobras a manter paralisadas as operações de transferência de óleo dos tanques de petróleo e o sistema de ventilação dos tanques da água separada do petróleo. Os dois sistemas estão em manutenção e já estavam paralisados por iniciativa da própria Petrobras. A paralisação não é impeditiva para a retomada da operação da plataforma.

Tudo o que sabemos sobre:
plataformaPetrobrasinterdição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.