Jason Lee/AP
Jason Lee/AP

Petrobras fecha financiamento de US$ 10 bilhões na China

Empresa brasileira também acerta aumento exportação de petróleo para o gigante asíático nos próximos anos

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

19 de maio de 2009 | 08h50

O Banco de Desenvolvimento da China (BDC) assinou um acordo de crédito de US$ 10 bilhões com a Petrobras e um acordo de US$ 800 milhões com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), anunciaram os governos brasileiro e chinês.

 

Veja também:

linkLula propõe à China ampliação de troca comercial

 

Além disso, a Petrobras e a China Petroleum & Chemical Corp, Sinopec, assinaram um acordo de comércio e cooperação, diz nota conjunta distribuída. Em fevereiro, a Petrobrás e o BDC assinaram um memorando prevendo o fechamento do crédito de US$ 10 bilhões.

A Petrobras irá fornecer para a China 150 mil barris de petróleo por dia, em média, durante 2009, disse o presidente da empresa, José Sérgio Gabrielli, em entrevista a jornalistas. Em 2010, o fornecimento subirá para 200 mil barris ao dia, acrescentou.

Separadamente, o presidente da China Petroleum & Chemical Corp, ou Sinopec, afirmou que a empresa e a Petrobras irão cooperar em operações de exploração e produção, refino, distribuição e comercialização de petróleo.

Mais cedo, o presidente da Administração Nacional de Energia da China, Zhang Guobao, afirmou que o Brasil irá oferecer dois blocos de campo de petróleo à Sinopec. Os acordos marcam a visita de três dias do presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva à China.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasChinaPré-sal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.