Petrobras lançará em 15 dias licitação para duas plataformas

A Petrobras lançará em 15 diaslicitação para a contratação de duas plataformas para o campode Papa-Terra, na bacia de Campos, informou na quarta-feira ogerente executivo de engenharia da estatal, Pedro José BaruscoFilho. Segundo ele, as duas plataformas são complementares e vãoproduzir ao todo 180 mil barris por dia. "As duas plataformas são complementares porque a produçãochega em uma e depois é depositada na outra", disse o executivoa jornalistas durante seminário sobre os desafios do setor depetróleo e gás, no BNDES. Ele informou que a Petrobras constrói no momento trêsplataformas e que ainda não há definição sobre o número deplataformas que será utilizado no pré-sal. De acordo com Barusco Filho, no momento a Petrobras avaliase fará a plataforma P-62, para o módulo 4 do campo deRoncador, na bacia de Campos. "Ainda está em análise, não tem decisão ainda. Existe umprocesso natural porque foi encerrada agora uma das fases danegociação", disse o executivo, esclarecendo informaçõespublicadas em jornais de que a unidade não seria maisconstruída. A P-62 será uma cópia da plataforma P-54, construída pelosestaleiros Mauá e Jurong. Na época, a unidade custou 900milhões de dólares, mas segundo as contas de Barusco o novoprojeto não deve sair por menos de 1,5 bilhão de dólares. "Não é o projeto que está mais caro. Tudo está mais caro, oaço acabou de subir 15 por cento, e no ano já está 32 por centomais caro", informou. Ele explicou que para essa unidade (P-62) não há previsãode afretamento, mas que ainda não foi decidido se o projetoserá realizado. (Reportagem de Denise Luna)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.