Petrobrás nega investimento de US$ 500 milhões na Argentina

Governador de província argentina disse que a estatal iria investir US$ 500 milhões no país

Marina Guimarães, correspondente da Agência Estado,

10 de março de 2014 | 11h48

Texto atualizado às 15h50

A Petrobrás informou nesta segunda-feira, 10, que não procede a "suposta intenção da Petrobrás de comprar uma empresa de produção de shale gas (gás de xisto) na Argentina".

Em entrevista ao jornal digital argentino El Inversor, o governador de Neuquén, Jorge Sapag, disse que a Petrobrás "prevê comprar uma empresa pequena para canalizar seus investimentos em Neuquén".

A província abriga a mega jazida Vaca Muerta, de combustíveis não convencionais. Segundo o governador, a petroleira iria investir cerca de US$ 500 milhões, em 2014, para explorar combustíveis não convencionais na província.

Tudo o que sabemos sobre:
Petrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.