Petrobrás nega rumores sobre perfurações e descobertas em blocos

Diretor de Exploração e Produção negou especulações sobre blocos BM-S-45 e BM-S-12

Kelly Lima, da Agência Estado,

28 de outubro de 2010 | 18h15

O diretor de Exploração e Produção, Guilherme Estrella, negou nesta quinta-feira, 28, que haja perfurações ocorrendo nos blocos BM-S-45 e BM-S-12, conforme especulações de mercado que surgiram ontem a respeito de mega reservas nestas áreas, que teriam influenciado uma alta das ações da companhia nos últimos dois dias.

O presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli ,disse que "estranha" que as "especulações ocorram sistematicamente nas quartas, quintas e sextas-feiras". "Uma semana fazem especulações sobre revistas que vão sair, depois sobre pesquisas eleitorais, agora sobre descobertas e tal. O que precisa ficar claro é que o mercado está muito líquido em relação a Petrobrás, e isso pode estimular especulações e beneficiar um ou outro", afirmou.

Segundo Gabrielli, do ponto de vista dos fundamentos do mercado há um volume gigantesco de ações e os investidores estão ajustando as carteiras. "Tem flutuações, mas dentro de uma certa média. Não adianta ficar nervoso. O mercado tem que deglutir esta operação gigantesca que foi a capitalização", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Petrobrásexploraçãopoçospré-sal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.