Petrobrás reafirma que Comperj será revisto e pode dobrar capacidade

Segundo a Petrobrás, o aumento do escopo do projeto doComperj está sendo estudado e deve ser submetido ao conselhode administração da companhia na primeira quinzena de junho

Agência Estado,

25 de maio de 2010 | 09h52

Petrobrás reafirma em comunicado que, conforme anunciado pelo diretor de Abastecimento da Companhia, Paulo Roberto Costa, o projeto Complexo Petroquímico do Estado Rio de Janeiro (Comperj) está sendo revisto. Segundo a estatal, existe a possibilidade de inclusão de um módulo adicional que poderia dobrar a capacidade de processamento prevista originalmente de 165 mil barris de óleo por dia - como noticiado pela Agência Estado em 5 de março.

Segundo o comunicado da Petrobrás, o aumento do escopo do projeto do Comperj está sendo estudado no âmbito da revisão do Plano de Negócios 2010-2014, que está em fase de análise e deve ser submetido ao conselho de administração da companhia na primeira quinzena de junho para aprovação. A companhia esclarece que "dará ampla divulgação à revisão do Plano de Negócios assim que este for aprovado pelo Conselho de Administração". 

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásComperj

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.