Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Petrobras remove empregados após vazamento de gás em plataforma

A Petrobras removeu para um hospital em Macaé 22 petroleiros que ficaram intoxicados devido a um vazamento de gás carbônico (CO2) na plataforma P-35, que opera no campo de Marlim, na bacia de Campos, informou a companhia.

REUTERS

26 de setembro de 2011 | 21h29

O gás foi detectado em alguns alojamentos da plataforma no início da manhã desta segunda-feira. Vários funcionários reclamaram de dores de cabeça e náuseas, e foram atendidos no ambulatório da unidade.

Segundo a Petrobras, uma equipe médica foi enviada para a plataforma e posteriormente 22 funcionários foram removidos do local para um hospital de Macaé, para melhor avaliação. "Alguns já receberam alta", informou a petroleira.

A produção na plataforma, segundo a Petrobras, não foi interrompida em nenhum momento.

A P-35 é a mesma plataforma onde ocorreu um princípio de incêndio em agosto do ano passado, o que provocou uma vistoria de técnicos da Capitania dos Portos.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAPETROBRASCO2*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.