Petrobras retira empregados do Golfo mas produção continua

A Petrobras decidiu retirarseis empregados não essenciais de uma plataforma no Golfo doMéxico, temendo a aproximação da tempestade Gustav, que ameaçase transformar em furacão. "Todo o pessoal não essencial trabalhando na plataformaEC373, no campo de Cottonfield, será evacuado nesta quinta ousexta-feira, devido à aproximação do Gustav", informou aempresa em nota. Segundo a mesma nota, a produção diária de 3 mil barris depetróleo em Cottonwood estava prevista para continuar. A decisão da Petrobras segue a de outras empresas queoperam na região, que também decidiram retirar funcionários desuas plataformas. A Shell anunciou na quinta-feira que vaiinterromper parte da sua produção por causa da aproximação doGustav. Gustav é a primeira tormenta atlântica a ameaçar asinstalações petrolíferas no Golfo desde a devastadora temporadade furacões em 2005. (Reportagem de Denise Luna)

REUTERS

28 de agosto de 2008 | 12h02

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAPETROBRAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.