Petrobras tem 100% de sucesso no pré-sal

A presidente da Petrobras, Graça Foster, afirmou nesta terça-feira, 29, que a empresa comemora o "sucesso exploratório" em águas profundas. "Espetacular é o sucesso de 100% nas atividades do pré-sal em 2013. Tivemos 13 poços perfurados e 100% de descoberta de hidrocarbonetos. Ao todo, no pré-sal, são 144 poços, com 82% de sucesso", afirmou a executiva, durante palestra na conferência OTC Brasil, sobre exploração offshore de petróleo.

ANTONIO PITA E SABRINA VALLE, Agencia Estado

29 de outubro de 2013 | 14h13

Graça afirmou ainda que, no período entre 2007 e 2012, a Petrobras foi responsável por 62% das grandes descobertas em áreas profundas.

Segundo a executiva, a Petrobras tem 41 sondas em operação e 28 contratadas, contra 62 sondas de todas as outras empresas em atuação no País. Graça reforçou que nove plataformas entram em operação neste ano, o que deverá ampliar a produção no último trimestre.

Em relação ao leilão da área de Libra, a executiva disse que houve "muita competição", com várias empresas querendo se associar à Petrobras. Segundo ela, foram longos meses de negociação com grupos muito fechados.

De acordo com Graça, a Petrobras tem a aprender com Shell e Total. Também disse ser "ótimo trabalhar de novo com a China", citando as empresas CNPC e CNOOC. "Não poderia ter ficado melhor à Petrobras, com todo respeito aos futuro parceiros."

Ela afirmou que os investimentos (Capex) referentes à exploração da área vão se concretizar no plano de negócios da companhia em 2017, ano em que outros campos adicionarão 750 mil barris/dia à produção da empresa. "Libra foi grande acontecimento para Petrobras", disse. "Trabalhamos para o primeiro óleo em 2020".

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasGraça Foster

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.