Wilton Junior|Estadão
Wilton Junior|Estadão

Petrobrás usa receita do pré-sal para pagar BNDES

Estatal repassou para o banco US$ 1,25 bilhão que recebeu pela metade da venda de bloco na Bacia de Santos para a Statoil

Vinícius Neder, O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2016 | 23h48

RIO - A Petrobrás usou o US$ 1,25 bilhão que recebeu pela venda de sua participação num bloco exploratório de petróleo no pré-sal para quitar parte de uma dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A decisão é importante também para o banco de fomento, que, pelas regras bancárias, está desenquadrado no que se refere à sua exposição à Petrobrás.

O Estado apurou que a exposição do BNDES à Petrobrás está em torno de R$ 60 bilhões, quando, pelos dados do terceiro trimestre, não poderia passar de R$ 32,5 bilhões, conforme as regras do Banco Central.

A Petrobrás recebeu o valor na semana passada, pela metade da venda de um bloco onde fica a área de Carcará, na Bacia de Santos. No total, a norueguesa Statoil vai pagar US$ 2,5 bilhões à Petrobrás.

Nesta segunda-feira, 28, a estatal anunciou que o valor que recebeu foi usado para a liquidação parcial antecipada de um empréstimo de sua subsidiária Transportadora Associada de Gás (TAG) com o BNDES. “Essa é uma importante medida que vem sendo adotada pela Petrobrás de utilizar os recursos advindos de programa de desinvestimentos para redução de seu endividamento”, diz o comunicado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.