Petrobrás vai desenvolver sozinha projetos de fertilizantes, diz Gabrielli

Segundo presidente da estatal, unidades serão construídas em Sergipe, Três Lagoas (MG), Uberaba (MG) e no Espírito Santo

Leonardo Goy, da Agência Estado,

31 de março de 2010 | 14h24

O presidente da Petrobrás, José Sergio Gabrielli, disse nesta quarta-feira, 31, que a estatal vai desenvolver sozinha os quatro projetos de novas fábricas de fertilizantes, que constam da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2).

 

Dos quatro projetos, uma unidade é de sulfato de amônia, em Sergipe; outra de ureia em Três Lagoas (MS); uma terceira, de amônia, em Uberaba (MG) e um complexo químico de ureia e amônia no Espírito Santo. Gabrielli não soube precisar o total de investimentos, mas disse que os projetos vão aumentar fortemente a produção nacional de hidrogenados.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásfertilizantesPAC 2Gabrielli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.