Petróleo cai quase 6% com queda na demanda da China

O petróleo caiu quase 6 por cento, a menos de 40 dólares o barril, por conta de sinais de que a desaceleração econômica global está causando uma diminuição na demanda por combustíveis. Segundo cálculos da Reuters, o consumo de petróleo da China caiu 3,2 por cento em novembro contra o mesmo mês de 2007, enquanto as importações de petróleo caíram a seu menor nível deste ano no país, que é o segundo consumidor de energia do mundo -- atrás apenas dos EUA. Os contratos com vencimento em fevereiro fecharam com queda de 2,45 dólares, a 39,91 dólares o barril. Em Londres, o petróleo tipo brent caiu 2,55 dólares, a 41,45 dólares o barril. "As importações de petróleo chinesas caíram em novembro ao seu menor nível deste ano", escreveu em um relatório John Kilduff, vice-presidente sênior do MF Global. "Adicionalmente, o banco central da China fez seu quinto corte de taxa de juros neste ano numa tentativa de manter o crescimento." Os preços do petróleo caíram mais de 100 dólares desde o recorde de 147 dólares em julho por causa dos efeitos da crise econômica mundial sobre a demanda pelo produto. (Por Jane Merriman, em Londres, e Fayen Wong, em Perth, Austrália)

REUTERS

22 de dezembro de 2008 | 19h32

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSPETROLEOFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.