Petróleo e financeiras arrastam Dow, mas Nasdaq sobe

As blue chips norte-americanasfecharam em queda nesta terça-feira com o petróleo atingindo umnovo recorde, o que ressaltou as preocupações com a inflação. Pesaram também os comentários do chairman do FederalReserve de que os mercados financeiros ainda estão comproblemas. O índice Dow Jones teve baixa de 0,34 por cento, a 12.832pontos. O Standard & Poor's 500 caiu 0,04 por cento, a 1.403pontos. Já o Nasdaq subiu 0,27 por cento, a 2.495 pontos. Os futuros do petróleo subiram para perto de 127 dólarespor barril após o Irã afirmar que está analisandopossibilidades de cortes em sua produção, e diversasautoridades do Federal Reserve ressaltarem a crescente ameaçada inflação em discursos separados durante a sessão. O chairman do Fed, Ben Bernanke, também afirmou que umaforte demanda de instituições financeiras por empréstimos doFed mostra que os "mercados ainda estão longe do normal". Asações do setor financeiro lideraram a queda do índice S&P 500,com o JPMorgan Chase caindo 3,7 por cento. No entanto, o Nasdaq subiu após um salto das ações do Yahoocom notícias de que Carl Icahn está considerando entrar nabriga pela companhia de Internet depois que as conversações deaquisição entre o Yahoo e a Microsoft foram abandonadas. "Nós precisamos manter um olho nas financeiras", dissePeter Boockvar, estrategista de ações da Miller Tabak. "Estegrupo teve um bom movimento, e ajudou o mercado a se recuperardas quedas de março. Precisamos ter um olho nesta fraqueza paraver se este é o começo de um nova queda ou apenas realizaçõesde lucro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.