Peugeot Citroën anuncia recall de 3 modelos, diz Procon

O Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, informou, nesta terça-feira, 12, que a Peugeot Citroën anunciou recall dos modelos Novo C3, C3 Picasso e Aircross para verificação da fixação dos rebites dos braços da suspensão dianteira e, se necessário, a substituição da peça. Os proprietários dos veículos devem comparecer a uma concessionária da marca para averiguação.

CARLA ARAÚJO, Agencia Estado

12 de novembro de 2013 | 11h36

No caso do Novo C3 estão convocados os veículos fabricados de 23/7 a 9/8/13, com chassis de EB528618 a EB533959. O mesmo período de fabricação vale para os modelos do C3 Picasso (chassis de EB529938 a EB535280). Já para o Aircross integram a lista os modelos fabricados de 29/7 a 10/8/13, com chassis de EB530986 a EB535745.

Segundo o Procon-SP, a empresa informou por meio de comunicado que o defeito pode causar o desprendimento do pivô da roda e contato do pneu com a carroceria do veículo, com consequente perda da dirigibilidade e risco de acidente grave. Para mais informações e agendamento, a empresa disponibiliza o telefone 0800 011 8088 e o site www.citroen.com.br

Lavadoras de louça

Também de acordo com o Procon-SP, a Bosch convocou nesta terça-feira os proprietários de lavadoras de louça fabricadas entre os anos de 1999 e 2005 (modelos SGS5362BR, SGS5362BS, SGS5365BR e SG5365BS) para que entrem em contato com a empresa para substituição de um módulo eletrônico do produto.

Segundo relato da fabricante, foi constatado que um dos componentes elétricos pode se sobrecarregar e, em alguns casos, resultar em risco de incêndio.

Para mais informações e agendamento de uma visita técnica, a empresa disponibiliza o telefone 0800 1908 1908 (somente de telefone fixo), de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h e o site www.dishcareaction.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
Peugeot CitroënrecallProcon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.