Peugeot recebe injeção de 1 bilhão de euros

A montadora francesa Peugeot Citroën SA disse nesta terça-feira que completou com sucesso sua injeção de capital de 1 bilhão de euros, no momento em que reforça sua aliança mundial com a norte-americana General Motors Co., com o objetivo de apoiarem suas enfraquecidas operações na Europa. A Peugeot disse que levantou 1 bilhão de euros e emitirá pouco menos de 120,8 milhões de novas ações.

ANDRÉ LACHINI, Agencia Estado

27 de março de 2012 | 20h39

A montadora francesa informou ainda que o incremento de capital permitirá investimentos "relacionados a projetos que são centrais na estratégia de aliança mundial com a General Motors". A GM virou a segunda maior acionista na Peugeot, com 7% de participação no capital, após o Grupo Família Peugeot, que controla a montadora com 25,2% do capital total e 27,9% das ações ordinárias, ou capital votante.

O investimento na Peugeot e a aliança para reduzir custos representam a parceria mais significativa que a General Motors fez desde sua falência e socorro pelo governo dos Estados Unidos em 2009. A montadora dos EUA fez parcerias fracassadas com outras montadoras europeias no passado. A General Motors pagou US$ 2 bilhões à italiana Fiat em 2005 para dissolver uma aliança. Os bancos Société Générale, BNP Paribas e Morgan Stanley deverão ser os coordenadores globais nos direitos de emissão das novas ações. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
veículosmontadorasPeugeot

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.