Pfizer faz recall do medicamento Lipitor

Este já é o terceiro recall da empresa neste ano devido a cheiro ruim nos frascos do produto

AP,

29 de outubro de 2010 | 17h27

A fabricante norte-americana de medicamentos Pfizer anunciou nesta sexta-feira, 29, o recall de 38 mil unidades do seu medicamente campeão de vendas para controle do colesterol, Lipitor, após a verificação de odores desagradáveis no produto. Este é o terceiro recall da empresa neste ano, relacionado ao mesmo problema.

A Pfizer disse que o atual recall foi provocado pela reclamação de dois consumidores sobre cheiro de mofo e bolor no frasco do medicamento, que é fabricado por uma empresa de Porto Rico.

Nos últimos três meses, a fabricante já fez o recall de mais de 360 mil unidades do Lipitor devido ao problema. A empresa recolheu 140 mil frascos em agosto e outros 191 mil frascos no início deste mês.

A ação anunciada nesta sexta-feira se refere a dois lotes do produto.

Reclamações similares levaram a múltiplos recalls do concorrente Johnson & Johnson no ano passado. Apesar de pacientes reportarem náusea e diarreia após o uso dos produtos, o risco de dano à saúde é remoto, afirmou a agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos em comunicado.

Assim como nos recalls da Johnson & Johnson, a Pfizer alegou que o problema foi causado por traços de um produto químico chamado 2,4,6-tribromoanisole, que é usado para tratar caixas de madeira frequentemente usadas para estocar e transportar os frascos.

A Pfizer afirmou que seus inspetores encontraram o produto em materiais de embalagem e em caixas de madeira na planta de Porto Rico que fornece os recipientes.

"Nós identificamos a origem do odor e estamos tomando rigorosas medidas para prevenir problemas futuros relacionados a isso", disse a empresa em comunicado.

A companhia preveniu que pode haver outros recalls de produtos enviados anteriormente pela planta. No entanto, nenhum frasco foi detectado com o odor desde as mudanças que foram feitas em agosto, de acordo com a Pfizer.

"Tomamos medidas para preservar a qualidade do produto e a confiança dos pacientes", afirmou o porta-voz da companhia, Ray Kerins. Ele disse ainda que qualquer consumidor que detectar o odor no medicamente pode ter o frasco substituído na farmácia de graça.

O Lipitor é o campeão de vendas entre os medicamentos prescritos nos Estados Unidos, com US$ 75 bilhões em vendas no ano passado, de acordo com a consultoria IMS Health.

Tudo o que sabemos sobre:
LipitorrecallPfizerodor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.