PIB revisado dos EUA sobe 5,9% no 4º trimestre

Há um mês, o Departamento do Comércio havia estimado crescimento de 5,7% do PIB no período

Danielle Chaves, da Agência Estado,

26 de fevereiro de 2010 | 10h49

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu à taxa anual de 5,9% no quarto trimestre do ano passado, o ritmo mais rápido desde o terceiro trimestre de 2003, segundo o Departamento do Comércio. Há um mês, o Departamento do Comércio havia estimado crescimento de 5,7% do PIB no quarto trimestre. O PIB teve expansão de 2,2% no terceiro trimestre do ano passado.

 

O dado revisado ficou em linha com a estimativa dos analistas ouvidos pela Dow Jones. Para todo o ano passado, a estimativa ficou inalterada em contração de 2,4%, que foi a maior contração desde a queda de 10,9% registrada em 1946. A economia cresceu 0,4% em 2008 e 2,1% em 2007.

 

As vendas reais finais de produtos domésticos - que são o PIB menos a variação dos estoques privados - aumentou à taxa anual de 1,9% no quarto trimestre. O dado foi revisado em baixa, da estimativa anterior de 2,2%, mas ficou mais alto do que a alta de 1,5% do terceiro trimestre.

 

A melhora nos gastos das empresas também contribuiu para o ajuste em alta do PIB, acrescentando 0,62 ponto porcentual. Os gastos das empresas cresceram 6,9%, mais que a estimativa anterior de 2,9% e ao ritmo mais forte desde o primeiro trimestre de 2006. No terceiro trimestre, houve queda de 5,9% nos gastos das empresas.

 

O maior componente do PIB - os gastos com consumo - subiram 1,7%, em comparação com a estimativa anterior de 2,0% de alta. No terceiro trimestre houve aumento de 2,8%, ajudado pelo programa de incentivo do governo à troca de carros antigos por novos.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PIB, EUA, revisão, economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.