Pilotos da Lufthansa farão greve no aeroporto de Munique na 4ª feira

Pilotos da Lufthansa farão uma greve de oito horas no aeroporto de Munique na quarta-feira, disse o sindicato Vereinigung Cockpit nesta terça-feira, a terceira greve dos pilotos da companhia aérea alemã em duas semanas.

REUTERS

09 de setembro de 2014 | 07h35

Os pilotos querem aumentar a pressão sobre a Lufthansa nas negociações sobre um regime de aposentadoria antecipada. Eles realizaram uma greve em sua empresa aérea Germanwings no final de agosto, seguida por uma greve em Frankfurt na semana passada.

A greve proposta em Munique, o maior aeroporto da Lufthansa depois de Frankfurt, ocorrerá das 10 às 18 horas do horário local, disse o sindicato.

A Lufthansa disse que ainda não pode afirmar quais voos serão afetados e descreveu a greve como "incompreensível".

O sindicato Vereinigung Cockpit representa cerca de 5.400 dos cerca de 9.000 pilotos da Lufthansa e as duas greves anteriores custaram à companhia aérea mais de 10 milhões de euros (12,9 milhões de dólares) no lucro operacional além de terem afetado as reservas de assentos.

A greve de três dias dos pilotos em abril reduziu em 60 milhões de euros o lucro operacional do primeiro semestre da companhia aérea.

(Reportagem de Victoria Bryan)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASLUFTHANSAGREVE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.