Pilotos estendem greve na Lufthansa para voos de longa distância

O sindicato alemão de pilotos VC ampliou greve na Lufthansa nesta segunda-feira para incluir voos de longa distância, depois de ter mirado apenas as rotas de curto e médio cursos da companhia.

REUTERS

20 de outubro de 2014 | 08h08

A paralisação que afeta voos de longo curso, agendada para durar das 2h às 19h59 (horário de Brasília) de terça-feira, adiciona peso à oitava greve feita pelos pilotos contra a Lufthansa neste ano em uma disputa sobre benefícios de aposentadoria.

No domingo, a Lufthansa cancelou 1.450 voos após o sindicato dos pilotos ter convocado greve na segunda e terça-feiras, piorando o cenário para viajantes na Alemanha depois de milhões terem ficado retidos com uma longa paralisação de maquinistas de trem no fim de semana.

O cronograma inicial para a greve na Lufthansa era das 9h desta segunda-feira até as 19h59 na terça-feira, pelo horário de Brasília.

O VC, que representa cerca de 5.400 pilotos da Lufthansa, está lutando para manter um regime que permite que os pilotos se aposentem aos 55 anos de idade e ainda recebam até 60 por cento do seu salário antes do início dos pagamentos regulares de aposentadoria, aos 65 anos. O sindicato propôs um plano para cobrir os custos do regime.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASLUFTHANSAGREVE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.