Planalto não quer reeditar MP de transgênicos, diz Rodrigues

Brasília, 15 - O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, reafirmou há pouco que o Palácio do Planalto não está disposto a editar uma nova Medida Provisória (MP) que permita o plantio da safra 2004/05 de soja transgênica. O relato é do deputado Augusto Nardes (PP/RS), que esteve há pouco com o ministro da Agricultura. Rodrigues recebeu representantes de cooperativas e de outros segmentos da agricultura do Rio Grande do Sul. Além de Nardes, participou da audiência o deputado Paulo Pimenta (PT/RS). "O ministro Rodrigues reafirmou que o presidente Lula é contra a edição de uma nova medida provisória", afirmou Nardes. Diante dessa situação, o deputado disse que os esforços das articulações da bancada ruralista são para que haja um melhora do texto do senador Ney Suassuna, que está sendo discutido no Senado. Para o deputado, "houve uma melhora no texto de senador, principalmente no que diz respeito às atribuições do Ministério do Meio Ambiente e do Ibama em relação à liberação comercial do plantio de variedades transgênicas". Nardes acrescentou que a expectativa da bancada é de que se o texto for aprovado no Senado o assunto poderá ser discutido na Câmara dos Deputados até o dia 10 de outubro, após o primeiro turno das eleições municipais. "Com isso, teríamos um posicionamento do Congresso ainda neste ano", afirmou. O deputado acrescentou, ainda, que o sentimento entre os parlamentares é de que a aprovação do projeto no Senado deixaria o governo mais confortável para editar uma nova medida provisória. "Sabemos que o problema do Executivo é um racha interno". "Com o posicionamento do Senado, o presidente teria mais liberdade para editar uma nova MP". Os parlamentares e os representantes de agricultores gaúchos se reúnem ainda hoje com o ministro da Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais, Aldo Rebelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.