Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Plano de empregos pode dar início à recuperação econômica, diz Obama

Presidente dos EUA afirmou que  o Ato de Empregos Americanos pode criar 1,9 milhão de empregos e acrescentar cerca de 2% no PIB americano  

Renan Carreira, da Agência Estado,

26 de setembro de 2011 | 17h13

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que o plano de empregos de seu governo poderia causar um "efeito cascata" suficiente para iniciar a recuperação econômica do país. Ele falou em uma audiência com cidadãos promovida pela rede social profissional LinkedIn em Mountain View, na Califórnia.

Citando estatística de economistas independentes, Obama afirmou que o Ato de Empregos Americanos (American Jobs Act) pode criar 1,9 milhão de empregos e acrescentar cerca de 2% no Produto Interno Bruto (PIB) americano.

"Este é o tipo de movimento grande e significativo na economia que pode causar efeitos cascatas e ajudar a recuperação a decolar", afirmou. O presidente americano disse, porém, que o plano não vai resolver todos os problemas econômicos do país, especialmente no mercado de habitação.

O executivo-chefe do LinkedIn, Jeff Weiner, disse, antes de apresentar Obama, que o país tem todas as ferramentas de que precisa para fazer a economia crescer, porém precisa de um caminho. Weiner endossou o Ato de Empregos Americanos, dizendo que Obama está traçando o caminho com seu plano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
obamaplanoempregos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.