Plano para hipoteca de Obama estimula mercados dos EUA

Os mercados acionários dos Estados Unidos tiveram um rally no final do dia e a maioria dos índices fechou em alta na quinta-feira, após a Reuters noticiar que o governo do presidente norte-americano, Barack Obama, trabalha em um programa para dar subsídios aos pagamentos de hipotecas de proprietários em dificuldades. O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,09 por cento, para 7.932 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,73 por cento, para 1.541 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,17 por cento, para 835 pontos. Apesar da queda, o Dow Jones diminuiu as perdas, à medida que investidores, apostavam que o governo havia dado um grande passo rumo à estabilização do mercado imobiliário. Os papéis de bancos e construtoras, que haviam pesado sobre o mercado durante todo a sessão, reduziram suas perdas pela metade, após a informação divulgada pela Reuters. "Isso está sendo visto como positivo tanto para o setor de hipotecas como para o imobiliário", disse Richard Sparks, analista sênior de economia na Schaeffer's Investment Research em Cincinnati, Estados Unidos. Antes do rally na última hora dos negócios, que fez com que o Dow se recuperasse de uma queda de 3 por cento, investidores temiam que o pacote de estímulo econômico de 789 bilhões de dólares, a ser votado na sexta-feira, não seja suficiente para tirar a economia da recessão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.