PMI Group, dos EUA, entra com pedido de falência

Empresa deixa um passivo de US$ 736 milhões em dívidas não garantidas

AFP,

24 de novembro de 2011 | 19h41

Uma das principais seguradoras de hipotecas nos Estados Unidos, a PMI Group, entrou com pedido de falência nesta quinta-feira, 24. A empresa citou dificuldades persistentes no mercado imobiliário como motivo para a quebra, segundo um comunicado da Securities and Exchange Comission (SEC, a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos).

A PMI Group deixa um passivo de US$ 736 milhões em dívidas não garantidas. Segundo o comunicado, o grupo  continuará com suas atividades por enquanto.

No final de outubro, a empresa ficou sob a tutela das autoridades do estado do Arizona e foi condenada a pagar a seus assegurados mais de 50% de suas dívidas. O grupo também foi condenado a não subscrever apólices de seguro de novo.

No segundo trimestre deste ano a PMI Group registrou perdas líquidas de 134,8 milhões dólares, valor ligeiramente acima do que eles haviam perdido no ano anterior (150,6 milhões).

Tudo o que sabemos sobre:
pmi grouppedidofalencia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.