Porsche decidirá em novembro sobre fusão com Volks

A Porsche anunciou hoje que seus acionistas vão decidir em 30 de novembro sobre a elevação de capital da empresa, que vai anteceder a fusão com a Volkswagen. Segundo um porta-voz, detalhes da agenda da assembleia de acionistas serão divulgados seis semanas antes da reunião, como exigem as leis alemãs. A elevação do capital da Porsche é uma das bases para a complexa fusão com a Volkswagen, a ser concluída em 2011.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

16 de setembro de 2010 | 15h34

A Porsche controla 51% da Volkswagen, mas o plano inicial de assumir o controle total da maior montadora europeia em vendas foi prejudicado pela crise no mercado de crédito. As famílias Porsche e Piech concordaram em subscrever ações ordinárias no valor de 2,5 bilhões de euros, como parte da planejada elevação de capital. As duas famílias esperam levantar o financiamento necessário principalmente com a transferência das operações de vendas da Porsche na Áustria para a Volkswagen.

Em dezembro do ano passado, como parte do plano de fusão, a Volkswagen adquiriu uma participação de 49,9% na unidade de carros esporte da Porsche, por meio de uma elevação de capital. A unidade de carros esporte da Porsche deverá ser integrada à Volkswagen como a décima marca da empresa, ao lado de nomes como Audi, Skoda e Bentley.

A Porsche recebeu 3,9 bilhões de euros em investimentos da Volkswagen e usou a maior parte dos recursos para pagar dívidas bancárias. Em 30 de abril deste ano, a dívida líquida da Porsche somava 6 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
carroluxoPorscheVolkswagenfusão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.