Porsche SE planeja aquisições diante de crescimento do lucro

Companhia pretende investir em empresas pequenas e médias, com possível foco em tecnologia de segurança e transmissões

Andreas Cremer, REUTERS

06 de agosto de 2014 | 11h22

A holding alemã Porsche SE divulgou crescimento de 17 por cento no lucro após impostos no segundo trimestre, graças à sua participação majoritária na montadora Volkswagen, e reiterou sua projeção de lucro para o ano inteiro e também seus planos de aquisição.

O único ativo da Porsche SE é sua participação na VW, após a venda em 2012 da divisão montadora de carros Porsche AG para a maior montadora europeia que resolveu uma prolongada disputada de aquisição.

O lucro trimestral da Porsche SE após impostos subiu para 1,01 bilhão de euros (1,35 bilhão de dólares), ante 868 milhões de euros um ano atrás, divulgou a companhia nesta quarta-feira.

O lucro pós-impostos do grupo VW alcançou 3,25 bilhões de euros no período entre abril e junho, uma alta de 14 por cento.

A Porsche SE disse que planeja gastar a maior parte de seu caixa, que recuou para 2,54 bilhões de euros ante 2,61 bilhões de euros em dezembro último, em aquisições, sem ser mais específica.

A companhia disse que deseja investir em empresas pequenas e médias "ao longo da cadeia de valor automotivo", com um possível foco em tecnologia de segurança e de transmissões.

Controlada através de ações com direito a voto pelas famílias Porsche e Piech, a companhia reiterou sua meta para o lucro pós-impostos no ano para a faixa de entre 2,2 bilhões e 2,7 bilhões de euros, em comparação a 2,41 bilhões de euros em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSPORSCHEHLDGRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.