Preço de commodities preocupa a todos, diz ministra da França

No começo da semana, o contrato referencial do petróleo leve subiu acima da marca de US$ 100 o barril diante dos tumultos na Líbia e em outros países da região 

Gabriela Mello, da Agência Estado,

25 de fevereiro de 2011 | 10h05

A ministra de Finanças francesa, Christine Lagarde, disse hoje que os altos preços do petróleo e das commodities devido às tensões no Oriente Médio são motivo de preocupação "para todos". Lagarde afirmou ainda que autoridades internacionais devem estar alertas à "intensa" especulação.

No começo da semana, o contrato referencial do petróleo leve subiu acima da marca de US$ 100 o barril diante dos tumultos na Líbia e em outros países da região. Os preços recuaram um pouco depois que a Arábia Saudita e a Agência Internacional de Energia (AIE) informaram que a produção global não será significativamente afetada pela turbulência política no Oriente Médio.

"Precisamos estar muito atentos ao que está acontecendo no mercado, e precisamos evitar uma pesada especulação", disse a ministra a repórteres em Cingapura. Ela afirmou que conversará com o vice-ministro de petróleo da Arábia Saudita sobre o assunto. "Eu quero entender quais planos eles têm daqui pra frente." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FinançasLagardepetróleocommodities

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.