Preço do etanol despenca 8% em junho em SP; gasolina recua 1,35%

Segundo a Fipe, a baixa foi bem mais expressiva do que a verificada em maio, quando a gasolina apresentou recuo de 2,94%

Flavio Leonel, da Agência Estado,

02 de julho de 2013 | 10h51

SÃO PAULO - O preço médio do etanol encerrou o mês de junho com uma queda de 8,00% nos postos da capital paulista, conforme levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), por meio do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). A baixa foi bem mais expressiva do que a verificada em maio, quando o combustível apresentou recuo de 2,94%.

O valor médio da gasolina também mostrou comportamento mais favorável para o consumidor paulistano, segundo a Fipe. Em junho, o preço do combustível caiu 1,35% ante baixa de 0,61% em maio.

O comportamento dos combustíveis seguiu caminho contrário ao da inflação entre maio e junho na cidade de São Paulo. No período, a taxa geral registrada pelo IPC da Fipe acelerou, de 0,10% para 0,32%.

No mês passado, o aumento das passagens de ônibus, metrô e trens ainda foi decisivo para gerar elevação na inflação geral no município. Como a revogação dos reajustes determinada pela Prefeitura de São Paulo e pelo Governo do Estado passou a valer apenas a partir do dia 24 de junho, a população conviveu com o impacto das passagens mais altas durante a maior parte do mês.

Se, em maio, os itens ônibus, metrô e trens tiveram variação zero, em junho apresentaram altas de 5,09%, 4,89% e 4,89%, respectivamente. Outro item importante, o de integração, também saiu de uma estabilidade para um aumento, de 5,55%.

Em junho, o grupo Transportes subiu 0,92%. Em maio, havia apresentado variação positiva bem mais modesta, de 0,04%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.